Pages

Subscribe:

Anuncio

top 10 em V8

10º Chrysler 300C SRT8 – 71,3 cv/l
Nosso 10º colocado é também o único representante americano. Ainda ostentando o brio e a alta cilindrada dos grandes motores da década de 1970, o HEMI 6.1 l do Chrysler 300C SRT8 é uma verdadeira ode ao mundo dos “muscle cars”. Com 6059 cm³ de cilindrada, este V8 é capaz de gerar potência de 432 cv a 6 000 rpm e torque de 58,1 kgfm a 4 800. Isso faz com que as quase 2 toneladas do carro sejam praticamente ignoradas, levando o SRT8 de 0 a 100 km/h em meros 5s0.

9º Volvo S80 V8 – 71,4 cv/l
O Volvo S80 tem uma peculiaridade sobre os demais carros relacionados nesta lista. Seu V8 é transversal, dianteiro, o que permite um maior espaço interno dentro do habitáculo. Além disso, ao contrário do usual da marca, este motor não é sobrealimentado. Com 4414 cm³, 315 cv de potência e 44,8 kgfm de torque, ele caracteriza-se pela suavidade e progressividade com que sobe de regime. Seu som é rouco e poderoso, apesar de todo isolamento acústico. A velocidade máxima é limitada a 250 km/h e o 0 a 100 km/h é realizado em 6s5.

8º BMW 550i – 76,5 cv/l
O representante da marca ainda não é o novo V8 do M3, derivado do V10 da M5 e M6, com 420 cv. Caso fosse, a posição da BMW nesta lista não seria 8o e sim 2o lugar! Mesmo assim, a 550i supera qualquer expectativa. O motor de ronco metalizado e 4799 cm³ de cilindrada é capaz de gerar 367 cv de potência a 6 300 giros e 49,9 kgfm de torque. Com esses números, o carro pode acelerar de 0 a 100 km/h em 5s2 e alcançar a velocidade máxima de 250 km/h, limitados eletronicamente.

7º Lexus LS 460 – 82,7 cv/l
Pouco difundida no Brasil, a marca Lexus é muito famosa dentro de mercados como Estados Unidos e Japão. Não é à toa, propriedade da Toyota – uma das maiores e mais bem conceituadas fabricantes do mundo –, a Lexus é sinônimo de luxo e tecnologia. Aqui, ela é pode ser muito bem representada pelo LS 460 com seu V8 de 4608 cm³, 381 cv de potência e 50,3 kgfm de torque. Também limitado eletronicamente a 250 km/h, o carro é capaz de fazer de 0 a 100 km/h em 5s7.

6º Mercedes-Benz S 63 AMG – 84,6 cv/l
O maior e mais potente motor de toda nossa lista é representado por ele. O Mercedes S 63 AMG não precisa de qualquer tipo de sobrealimentação para descarregar sobre as rodas traseiras cerca de 525 cv de potência e 64,2 kgfm de torque – valores de fazer inveja a muitos esportivos. Sendo capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em míseros 4s6, este Classe S impressiona por seu poder de empurrar seus ocupantes contra o banco. O carro só perde colocações nesta eleição por ter 6208 cm³, uma cilindrada muito alta que acaba diminuindo bastante a sua potência específica.

5º Maserati GranSport – 94,2 cv/l
O motor de 4244 cm³ da marca italiana é o mesmo usado no Quattroporte, porém, no GranSport é onde ele obtém os melhores números: 290 km/h e 5s0 de 0 a 100 km/h. Com 400 cv de potência e 45,9 kgfm de torque, este motor é verdadeiramente produzido independente das grandes construtoras, sendo fabricado em pequenas quantidades. É um motor moderno com bloco e cabeçote de alumínio que foi recentemente melhorado em termos de consumo e emissões.

4º Jaguar XKR V8 Supercharger – 99,1 cv/l
Eis que chega o primeiro motor sobrealimentado da lista. Com um motor de 4196 cm³ e um compressor mecânico, este Jaguar é capaz de gerar 416 cv a 6 250 rpm e 57,1 kgfm a 4 000 de torque, podendo fazer de 0 a 100 km/h em bons 4s9. Esta nova geração de motores, integralmente de alumínio, mostra o que de melhor a marca tem para oferecer nesse segmento. O XKR é violento e não engana: graças a uma válvula no sistema de escape e membranas vibratórias no sistema de admissão, o carro “rosna” o tempo todo. Pena que também é limitado eletronicamente a 250 km/h.

3º Audi RS4 – 100,9 cv/l
Com injeção direta de combustível, o V8 FSI do Audi RS4 é um dos melhores motores esportivos da atualidade. Sobe de giros com a facilidade de uma moto e enorme suavidade. Muito elástico, este propulsor de 4163 cm³ consegue um bom rendimento em baixas rotações e um desempenho extraordinário em altos regimes, e bota alto nisso, seus 420 cv de potência são obtidos a 7 800 rpm, e o carro só pára de acelerar aos 8 250 giros. Seu 0 a 100 km/h pode ser feito em 4s8, mas também tem o problema de ser limitado a 250 km/h em sua velocidade máxima, se é que podemos chamar isso de problema.

2º Porsche Cayenne Turbo – 104,0 cv/l
Sendo o único SUV desta lista, envolto aos esportivos e sedãs citados acima, o Cayenne passa longe de fazer feio. Com um motor de 4806 cm³, equipado com dois turbocompressores, 500 cv e impressionantes 71,3 kgfm de torque, este Porsche é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em míseros 5s1 e, ao contrário de todos os outros alemães mencionados acima, não é limitado eletronicamente podendo alcançar a incrível marca de 275 km/h! Com este aí não tem papo, é melhor sair da frente.

1º Ferrari F430 – 113,7 cv/l
Não é a maior potência, nem o maior torque, muito menos a maior cilindrada, entretanto, a F430 supera todos graças ao seu conjunto. Com um motor de 4308 cm³, 490 cv de potência e 47,4 kgfm, esta Ferrari consegue a marca de 113,7 cv/l de potência específica. Quase 10 cv/l a mais que o 2º colocado. Isso justifica a velocidade máxima superior a 315 km/h e seu 0 a 100 km/h de 4s0, tudo isso sem sobrealimentação, em um motor aspirado central. É, os americanos até podem ser mais tradicionais e os alemães mais tecnológicos, mas o título de melhor V8 à venda por aqui ainda fica na conta dos italianos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário